Política

Eleição

Com uma alteração, Mesa Executiva da Câmara de Maringá é reeleita

Publicado por Victor Simião/CBN Maringá, 18:16 - 04 de dezembro de 2018

O voto já estava pré-definido entre os dois grupos que dividiram os 15 vereadores na Câmara de Maringá. Durante a tarde desta terça-feira (4), antes da votação, a CBN Maringá informamou o que tinha conseguido no bastidor: Mário Hossokawa, vereador do Progressistas, seria reeleito presidente.

E foi o que aconteceu. O atual presidente foi escolhido por 11 vereadores e irá conduzir os trabalhos da casa no biênio 2019-2020. Na prática, o presidente define a pauta da sessão. Ele também coordena distribuição de verbas e tem o maior número de assessores.


A eleição para a nova mesa executiva só alterou uma função da atual mesa. Belino Bravin, do PP, não será o terceiro secretário. Agora, será Alex Chaves, do PHS.


Sidnei Telles, do PSD, continua como primeiro secretário; Mário Verri, do PT, como primeiro vice-presidente; William Gentil, do PTB, como 2º vice presidente; Odair Fogueteiro, do PHS, como 2º secretário.


Os votos foram dados em clima de descontração – com vários parlamentares rindo durante o pleito.


O vereador Mário Hossokawa agradeceu os votos. Entretanto, ele não quis falar com a CBN. O parlamentar está em disputa judicial contra a emissora por dois motivos: um, o comentário de Diniz Neto que não lhe agradou; o outro, envolve o Grupo Maringá de Comunicação, empresa da qual a CBN está ligada. Neste ano, na Semana da Pátria, a Câmara não liberou verbas paras emissoras do GMC, que são líderes de audiência. Há duas ações judiciais ocorrendo.


William Gentil, do grupo de Hossokawa, concedeu entrevista à CBN Maringá. Segundo ele, a reeleição ocorreu porque o grupo tem diálogo.

O vereador Flávio Mantovani, do PPS, disputou a presidência. Ele ficou com quatro votos. Sem nominar vereadores, ele disse que tem gente que muda de voto para ficar com o grupo vencedor. E que no futuro irá disputar novamente a presidência.

A diplomação da nova mesa ocorre em primeiro de janeiro de 2019.

Bloco de Imagem

Eleição ocorreu na tarde desta terça-feira (4). Divulgação/CMM

Compartilhe

Seja o primeiro a comentar sobre isso

* Os comentários são de responsibilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos do uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

voltar ao topo